Open/Close Menu A Clínica Dentária Braga Parque, tem uma unidade especialista para crianças! Marque já: 253 252 860

Existem muitas escovas de dentes para crianças no mercado, por isso é importante saber selecionar qual a indicada para o seu bebé.

Características a considerar:

O material utilizado é seguro para o seu bebé colocar na boca?

O desenho da escova permite uma escovagem eficiente de forma fácil e segura?

O bebé irá gostar da sensação na boca? É macio? É maleável como um mordedor?

Pode ser utilizado todos os dias e o tempo que quiser? Danifica-se facilmente? Ou as cerdas são muito agressivas e podem magoar?

1. Saber a idade indicada na embalagem

Os médicos dentistas e os fabricantes das escovas entendem a importância de introduzir os hábitos de higiene oral o mais cedo possível. No entanto nem todas as escovas de dentes são indicadas para os bebés. A idade referida na embalagem pode ajudar a selecionar a ideal para a idade do seu filho. E mesmo que lhe apeteça comprar uma escova maior para durar mais tempo devido ao crescimento, resista a essa tentação!! O tamanho inadequado da escova pode magoar a boca do seu bebé…!

2. Cerdas de Nylon ou silicone?

Alguns médicos dentistas recomendam as escovas com cerdas suaves de nylon enquanto outros optam por escovas feitas de silicone. Existem escovas de dentes para bebés feitas de silicone muito macio e de qualidade alimentar. O silicone é de utilização mais apropriada para as gengivas, mas alguns bebés em idade mais avançada ou crianças podem mastigar as cerdas com o entusiasmo da escovagem. Por outro lado, o nylon, mesmo suave, pode ser demasiado duro ou as cerdas podem alargar e magoar as gengivas mais sensíveis. Por isso deve adequar a escolha do material à idade do seu filho e estar atenta ao número de dentes e forma de mordedura durante a escovagem.

3. Tamanho e forma da cabeça da escova de dentes

Procure uma escova de dentes segura para a pequena e macia boca do bebé. Geralmente a cabeça redonda, pequena e com arestas arredondadas ou ovais são mais seguras para o bebé e criança do que as tradicionais cabeças retangulares. O ideal e mais seguro será que a cabeça da escova de dentes seja cerca de uma polegada de comprimento e meia polegada de largura.

4. Cabo da escova de dentes

O cabo da escova do bebé ou criança tem que adaptar e caber corretamente na sua mão. Se o bebé tiver poucos meses não será capaz de segurar no cabo da escova, mas já existem excelentes soluções no mercado para estas idades, como as toalhitas ou as dedeiras. Se o cabo for fácil de segurar é menos provável que o bebé deixe cair ou recuse, como é o caso da escova com forma de banana. À medida que a criança vai ficando mais velha devemos adaptar o cabo ao tamanho da mão para aprender a escovar corretamente os dentes. Um cabo com personagens do seu filme favorito ou o super-herói preferido é uma excelente motivação para escovarem os dentes regularmente, como esta escova com os minions.

Existem muitas escovas de dentes para crianças no mercado, por isso é importante saber selecionar qual a indicada para o seu bebé.

Características a considerar:

O material utilizado é seguro para o seu bebé colocar na boca?

O desenho da escova permite uma escovagem eficiente de forma fácil e segura?

O bebé irá gostar da sensação na boca? É macio? É maleável como um mordedor?

Pode ser utilizado todos os dias e o tempo que quiser? Danifica-se facilmente? Ou as cerdas são muito agressivas e podem magoar?

1. Saber a idade indicada na embalagem

Os médicos dentistas e os fabricantes das escovas entendem a importância de introduzir os hábitos de higiene oral o mais cedo possível. No entanto nem todas as escovas de dentes são indicadas para os bebés. A idade referida na embalagem pode ajudar a selecionar a ideal para a idade do seu filho. E mesmo que lhe apeteça comprar uma escova maior para durar mais tempo devido ao crescimento, resista a essa tentação!! O tamanho inadequado da escova pode magoar a boca do seu bebé…!

2. Cerdas de Nylon ou silicone?

Alguns médicos dentistas recomendam as escovas com cerdas suaves de nylon enquanto outros optam por escovas feitas de silicone. Existem escovas de dentes para bebés feitas de silicone muito macio e de qualidade alimentar. O silicone é de utilização mais apropriada para as gengivas, mas alguns bebés em idade mais avançada ou crianças podem mastigar as cerdas com o entusiasmo da escovagem. Por outro lado, o nylon, mesmo suave, pode ser demasiado duro ou as cerdas podem alargar e magoar as gengivas mais sensíveis. Por isso deve adequar a escolha do material à idade do seu filho e estar atenta ao número de dentes e forma de mordedura durante a escovagem.

3. Tamanho e forma da cabeça da escova de dentes

Procure uma escova de dentes segura para a pequena e macia boca do bebé. Geralmente a cabeça redonda, pequena e com arestas arredondadas ou ovais são mais seguras para o bebé e criança do que as tradicionais cabeças retangulares. O ideal e mais seguro será que a cabeça da escova de dentes seja cerca de uma polegada de comprimento e meia polegada de largura.

4. Cabo da escova de dentes

O cabo da escova do bebé ou criança tem que adaptar e caber corretamente na sua mão. Se o bebé tiver poucos meses não será capaz de segurar no cabo da escova, mas já existem excelentes soluções no mercado para estas idades, como as toalhitas ou as dedeiras. Se o cabo for fácil de segurar é menos provável que o bebé deixe cair ou recuse, como é o caso da escova com forma de banana. À medida que a criança vai ficando mais velha devemos adaptar o cabo ao tamanho da mão para aprender a escovar corretamente os dentes. Um cabo com personagens do seu filme favorito ou o super-herói preferido é uma excelente motivação para escovarem os dentes regularmente, como esta escova com os minions.

5. Considerar uma “dedeira”

Alguns bebés não estão preparados para utilizar a tradicional escova de dentes. Frequentemente não gostam da ideia de ter algo estranho e que não conhecem dentro da boca, uma ou duas vezes por dia, e por isso fazem mais birras. Para estas crianças a escova dedeira pode ser a melhor opção. Esta dedeira quando utilizada pelos pais, ajuda o bebé a sentir-se seguro. As crianças que não mordem muitas vezes, quando um dedo é colocado na boca beneficiam mais do que apenas a escova de dentes tradicional.

O médico dentista pode ajudar a selecionar a melhor escova de dentes para o seu bebé. Mesmo que não tenha acesso a um odontopediatra o médico dentista generalista pode fazer esse aconselhamento. Quando estiver a fazer a compra da escova de dentes não esqueça de confirmar se está aprovada pela American Dental Association (ADA) ou homóloga porque existem critérios rigorosos às quais devem obedecer. Selecionar a correta escova de dentes é determinante para o início simples e fácil da higiene oral do seu bebé. Assim será mais fácil ele habituar-se a essa rotina e necessidade, que com certeza permitirá uma boa saúde oral no futuro.

Alguns bebés não estão preparados para utilizar a tradicional escova de dentes. Frequentemente não gostam da ideia de ter algo estranho e que não conhecem dentro da boca, uma ou duas vezes por dia, e por isso fazem mais birras. Para estas crianças a escova dedeira pode ser a melhor opção. Esta dedeira quando utilizada pelos pais, ajuda o bebé a sentir-se seguro. As crianças que não mordem muitas vezes, quando um dedo é colocado na boca beneficiam mais do que apenas a escova de dentes tradicional.

O médico dentista pode ajudar a selecionar a melhor escova de dentes para o seu bebé. Mesmo que não tenha acesso a um odontopediatra o médico dentista generalista pode fazer esse aconselhamento. Quando estiver a fazer a compra da escova de dentes não esqueça de confirmar se está aprovada pela American Dental Association (ADA) ou homóloga porque existem critérios rigorosos às quais devem obedecer. Selecionar a correta escova de dentes é determinante para o início simples e fácil da higiene oral do seu bebé. Assim será mais fácil ele habituar-se a essa rotina e necessidade, que com certeza permitirá uma boa saúde oral no futuro. Existem muitas escovas de dentes para crianças no mercado, por isso é importante saber selecionar qual a indicada para o seu bebé.

Características a considerar:

O material utilizado é seguro para o seu bebé colocar na boca?

O desenho da escova permite uma escovagem eficiente de forma fácil e segura?

O bebé irá gostar da sensação na boca? É macio? É maleável como um mordedor?

Pode ser utilizado todos os dias e o tempo que quiser? Danifica-se facilmente? Ou as cerdas são muito agressivas e podem magoar?

1. Saber a idade indicada na embalagem

Os médicos dentistas e os fabricantes das escovas entendem a importância de introduzir os hábitos de higiene oral o mais cedo possível. No entanto nem todas as escovas de dentes são indicadas para os bebés. A idade referida na embalagem pode ajudar a selecionar a ideal para a idade do seu filho. E mesmo que lhe apeteça comprar uma escova maior para durar mais tempo devido ao crescimento, resista a essa tentação!! O tamanho inadequado da escova pode magoar a boca do seu bebé…!

2. Cerdas de Nylon ou silicone?

Alguns médicos dentistas recomendam as escovas com cerdas suaves de nylon enquanto outros optam por escovas feitas de silicone. Existem escovas de dentes para bebés feitas de silicone muito macio e de qualidade alimentar. O silicone é de utilização mais apropriada para as gengivas, mas alguns bebés em idade mais avançada ou crianças podem mastigar as cerdas com o entusiasmo da escovagem. Por outro lado, o nylon, mesmo suave, pode ser demasiado duro ou as cerdas podem alargar e magoar as gengivas mais sensíveis. Por isso deve adequar a escolha do material à idade do seu filho e estar atenta ao número de dentes e forma de mordedura durante a escovagem.

3. Tamanho e forma da cabeça da escova de dentes

Procure uma escova de dentes segura para a pequena e macia boca do bebé. Geralmente a cabeça redonda, pequena e com arestas arredondadas ou ovais são mais seguras para o bebé e criança do que as tradicionais cabeças retangulares. O ideal e mais seguro será que a cabeça da escova de dentes seja cerca de uma polegada de comprimento e meia polegada de largura.

4. Cabo da escova de dentes

O cabo da escova do bebé ou criança tem que adaptar e caber corretamente na sua mão. Se o bebé tiver poucos meses não será capaz de segurar no cabo da escova, mas já existem excelentes soluções no mercado para estas idades, como as toalhitas ou as dedeiras. Se o cabo for fácil de segurar é menos provável que o bebé deixe cair ou recuse, como é o caso da escova com forma de banana. À medida que a criança vai ficando mais velha devemos adaptar o cabo ao tamanho da mão para aprender a escovar corretamente os dentes. Um cabo com personagens do seu filme favorito ou o super-herói preferido é uma excelente motivação para escovarem os dentes regularmente, como esta escova com os minions.

5. Considerar uma “dedeira”

Alguns bebés não estão preparados para utilizar a tradicional escova de dentes. Frequentemente não gostam da ideia de ter algo estranho e que não conhecem dentro da boca, uma ou duas vezes por dia, e por isso fazem mais birras. Para estas crianças a escova dedeira pode ser a melhor opção. Esta dedeira quando utilizada pelos pais, ajuda o bebé a sentir-se seguro. As crianças que não mordem muitas vezes, quando um dedo é colocado na boca beneficiam mais do que apenas a escova de dentes tradicional.

O médico dentista pode ajudar a selecionar a melhor escova de dentes para o seu bebé. Mesmo que não tenha acesso a um odontopediatra o médico dentista generalista pode fazer esse aconselhamento. Quando estiver a fazer a compra da escova de dentes não esqueça de confirmar se está aprovada pela American Dental Association (ADA) ou homóloga porque existem critérios rigorosos às quais devem obedecer. Selecionar a correta escova de dentes é determinante para o início simples e fácil da higiene oral do seu bebé. Assim será mais fácil ele habituar-se a essa rotina e necessidade, que com certeza permitirá uma boa saúde oral no futuro.

CLÍNICA DENTÁRIA BRAGA PARQUE © 2018 - DEZVEZESDEZ

Fale connosco 253 252 860 / 967 948 131